Versiculo Biblico

sábado, 9 de outubro de 2010

Por que proibir o debate sobre o aborto?





A sociedade brasileira não deve aceitar ser tratada como se fosse um cérebro infantilizado. A proibição do livre pensamento é um presente para quem deseja tirar vantagens da ignorância alheia. O Brasil evoluiu. Ainda bem.

Todas as vezes que se avizinha uma data eleitoral relevante surgem os factoides contra candidatos a quem são atribuídas posições polêmicas, como a que insinua que A ou B são pró-aborto.
Desta vez a vítima é a candidata Dilma Rousseff. Na eleição para o Senado do Rio de Janeiro, há quatro anos, foi Jandira Feghali. Na reta final, ela perdeu a eleição por conta de mensagens apócrifas que expuseram apenas parcialmente o seu pensamento sobre o tema.

Vilania semelhante - só que sobre outro tema espinhoso - enfrentou, em 1985, o senador Fernando Henrique Cardoso quando pretendia ser prefeito de São Paulo. Ele foi acusado por seu adversário Jânio Quadros de ser "maconheiro". FHC declarou numa entrevista à revista "Playboy" que já havia experimentado a erva. A satanização destes temas polêmicos assustam conservadores e religiosos. É uma pena esse uso rasteiro de argumentos parciais!

No período eleitoral é que estes assuntos deveriam ser aprofundados. E não o oposto. O Brasil precisa discutir com os candidatos a presidente: aborto, drogas, penas para crimes diversos, liberdade sexual e o papel do Estado diante de direitos e deveres das chamadas minorias. A hora é essa.

Perder esta oportunidade é uma demonstração de atraso intelectual.

Quem em sã consciência é a favor do aborto? Posso garantir que pouquíssimas pessoas. O direito à vida é uma garantia fundamental. Ninguém recomenda impunemente a uma mulher: "Faça aborto, é uma boa!".

A mulher é a última pessoa no mundo que optaria por tirar um feto do seu útero. É um drama inominável, um vazio interior dilacerante, uma tristeza eterna. Não preciso ser mulher para saber que isso é verdade.

O aborto envolve aspectos psicológicos, jurídicos, médicos, institucionais e de saúde. O feto traduz uma individualidade diferente da mãe. Se o DNA é distinto daqueles dos pais, este já é um argumento imbatível para entendermos que o direito de um ser não pode sobrepujar o do outro.

E por que um candidato a presidente precisa discutir o assunto sem que suas ideias sejam satanizadas? Porque o Estado tem que estar ao lado da cidadã que tem sua gravidez interrompida, por exemplo. E porque é do princípio democrático a liberdade do contraditório.

E a Justiça, como se comportará diante dos direitos da mulher?

O corpo à mulher pertence ou não?

Muitos responsabilizam católicos e evangélicos pela recusa de se discutir abertamente, com serenidade, temas tão relevantes. Se assim for, é uma lástima.
Penso diferente, e sou católico. Dilma Rousseff e José Serra devem debater, sim, este tema. Tratar com franqueza a discriminalização do aborto é absolutamente fundamental. Pela singela razão de estarmos tratando do direito à vida neste país.
Fonte:  Sidney Rezende 
http://www.sidneyrezende.com/noticia/103535+por+que+proibir+o+debate+sobre+o+aborto

7 comentários:

  1. penso,
    que deva ser bem analisado,
    pois cada caso é um caso!

    ResponderExcluir
  2. O aborto, alguém pode mudar de idéia sim, se Dilma mudou de idéia sobre o aborto, pode ser que esteja falando a verdade, por que não?!, Dilma tem o direito de se arrepender de ter falado aquela besteira de 2007.

    Aborto é assassinato, se foi a gestação por estupro?, é só doar a criança e não matá-la.

    Um Abraço,

    ResponderExcluir
  3. Sou a favor somente em caso de estupro!

    ResponderExcluir
  4. Olá Lauriete:

    Temas polêmicos fazem parte da minha vida, por isso eu já tenho a resposta para a maior parte deles.

    A população brasileira, especialmente o eleitor, sempre foi muito manipulada pelos coronéis da política.

    Esse é um momento delicado pois temos de um lado a classe operária, do outro a elite,ou defensores dessa classe. No futuro poderemos ter uma situação como a do Chile, pior, não temos uma democracia tão boa para suportar uma situação dessa.

    Um político não pode pedir desculpas, sob pena de ser afetado politicamente por essa postura. Bill Clinton conseguiu libertar jornalista americana que o governo de Obama jamais teria conseguido, além de jogar golfe com o ditador.

    Os dois candidatos, tanto Dilma, quanto Serra, não sabem dos efeitos colaterais que essa discussão possa ter. Ambos de passado socialista, eles se respeitam muito mais que seus eleitores, eles sabem que essas questões são manipuladas pela mídia, e é a mídia quem dá a última palavra.

    Eu acho a questão do aborto muito importante sim, mas também sei que cada pessoa tem uma opinião diferente. Para mim, discutir o aborto na eleição, poderia ser como pedir votos para doentes terminais dentro de um hospital.

    A questão do aborto não deve ser decidida pelos políticos, deve ser decidida pelas próprias pessoas. Eu considero esse problema muito pessoal, quase como escolher a religião, a crença.

    Quando um pai bate em nossa própria mãe, todos são unânimes em prender o pai. Os filhos, no entanto, podem hesitar, por questão de estarem envolvidos na questão.

    As pessoas podem não querer dar uma segunda chance para o pai, mas ninguém está interessado em adotar os filhos, os filhos tem esperança, sabem do motivo que levou a essa situação.

    Pode ser que a própria mãe hesite, por estar ligada ao marido.

    Eu sou contr o aborto, e já escrevi sobre isso.
    http://icommercepage.wordpress.com/2009/06/06/consequencias-da-gravidez-na-adolescencia/

    ResponderExcluir
  5. Minha querida amiga Lauriete, boa noite!!!
    Sou totalmente contra qualquer tipo de aborto, não nos cabe o direito de julgar e nem tirar uma vida, mesmo que em sua fase inicial, em matéria de vida só Deus pode decidir se vive ou se morre, só Ele pode julgar.
    Cada um tem o direito de ter a sua opinião sobre o assunto, mesmo os candidatos, mas também acho que deveriam assumir a sua escolha, pois iremos escolher pela competência, ideais e boas virtudes de cada um...
    Parabéns pela excelente postagem, ótima!!!
    Grande abraço e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  6. o aborto é um crime!
    com certeza isso é algo de satanas.
    parabens pela vitoria, com certeza teremos uma representante digna na camara federal.

    ResponderExcluir
  7. Sou contra o aborto, uma criança não deve sofrer por qual razão, for!!!

    ResponderExcluir